blogINDIE 2006
Tudo sobre o INDIE2009

Vamos a partir de agora colocar os trailers e outras informações no site do Indie2009 . Procure lá pelo filme que você quer ver neste Indie.
Vocês podem também seguir pelo Twitter . Que está sendo sempre atualizado.

Para saber mais, leia o release geral do Indie 2009:


RECHEADO DE INÉDITOS, INDIE 2009 REÚNE EXPOENTES DO CINEMA INDEPENDENTE

Entre 3 e 10 de setembro, a Mostra de Cinema Mundial traz 121 filmes de 29 países; entre os destaques, filmes de Brillante Mendoza e Naomi Kawase nunca antes exibidos no Brasil.


Entre narrativas e imagens inusitadas e experiências sensoriais, o cinema independente permite entrar em contato com um universo traçado por caminhos transversais. Tais percursos são, sobretudo, demarcados por mentes e olhares de cineastas que expressam de forma singular suas vidas, suas percepções de mundo, sua arte.

A fim de descerrar diferentes mundos, o INDIE 2009 - Mostra de Cinema Mundial, em sua 9º edição, exibe 121 filmes de 29 países, grande parte inédita. Entre 3 e 10 de setembro, em sete salas de Belo Horizonte, estão programadas 184 sessões com entrada gratuita.

O destaque da edição de 2009 são as retrospectivas dedicadas a um respeitável trio de cineastas internacionais: o filipino Brillante Mendoza, a japonesa Naomi Kawase e o francês Philippe Grandrieux. Sinônimos de cinema independente, esses diretores foram consagrados em diversos festivais pelo mundo. Entre eles, o Festival de Cannes, que este ano premiou Brillante Mendoza como melhor diretor pelo filme “Kinatay” e homenageou Naomi Kawase com o Carrousse D’or, prêmio concedido a diretores de grande relevância internacional. Grandrieux já expôs seu trabalho na Tate Modern, de Londres, e seu mais recente filme participou do Mostra Internacional de Cinema de Veneza.

O INDIE agrega ainda o programa Novos Diretores/Novos Filmes, dentro da Mostra Mundial, cuja seleção destaca filmes recentes do cinema indie. Também integrante da Mostra Mundial, o programa Première é uma sessão de pré-estreias do circuito comercial em Belo Horizonte. Há ainda os programas Indie Brasil, com filmes nacionais, o Música do Underground, uma seleção de documentários do universo do rock e do hardcore, o Cinema de Garagem, com produções experimentais e de baixo orçamento, e o Indie Retrô, uma oportunidade de rever clássicos na telona.

O INDIE 2009 - Mostra de Cinema Mundial tem patrocínio da Oi e Cemig, apoio da Contax e Oi Futuro, através dos benefícios da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Ministério da Cultura), Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte.

Confira os destaques de cada programa:

RETROSPECTIVA BRILLANTE MENDOZA

Mais recente premiado diretor no Festival de Cannes de 2009, com o filme “Kinatay”, o cineasta filipino Brillante Mendoza está presente no Indie com sete filmes, quase todos inéditos no Brasil (o único já exibido é “Serbis”). Virtuoso e, ao mesmo tempo, inquietante, o cinema de Mendoza é marcado pelas imagens que transbordam os limites entre o real e o ficcional, entre o imoral e o moral: em seus filmes, as realidades de um povo, de uma cultura, de uma língua, revelam a crua natureza das Filipinas. Nascido em 1960 e formado pela Universidade de Santo Tomas, em Manila, Brillante Mendoza realizou trabalhos não só para cinema como também para televisão, teatro e publicidade. O cineasta angariou importantes prêmios em diversos festivais de cinema pelo mundo. Seu primeiro longa-metragem, “Massagista”, de 2005, foi premiado no Festival Internacional de Cinema de Locarno, na Suíça, no Festival Internacional de Cinema de Brisbane e no Festival de Cinema de Turim. “A Professora” (2006) conquistou o CinemAvvenir, no Festival de Cinema de Torino, e os prêmios de melhor fotografia e direção, no Cinemanila. Com “Tirador” (2007) foi vencedor do prêmio Caligari, no Festival de Cinema de Berlim. Com “Serbis”, em 2008, Mendoza competiu pela primeira vez no Festival de Cannes.

RETROSPECTIVA NAOMI KAWASE

O cinema repleto de questionamentos e de traços de identidade da japonesa Naomi Kawase, nascida em 1969 na cidade de Nara, ganha retrospectiva nesta edição do INDIE, que exibe 13 filmes da cineasta – quase todos inéditos no Brasil. São sete documentários e seis ficções, que formam um conjunto único, expressão do mais puro olhar cinematográfico: arte, poesia, experimentação, subjetividade. Graduada pela Escola de Fotografia de Osaka, Kawase iniciou-se no cinema já nos tempos da faculdade. Entre as suas primeiras obras destacam-se os documentários “Abraçando”, de 1992, e "Katatsumori", de 1994, que participaram de festivais, como o Yamagata International Documentary Film. Kawase coleciona alguns prêmios importantes do cinema mundial: em 1997 se consagrou como a mais jovem diretora a receber o Caméra d'Or, do Festival de Cannes, pelo seu primeiro filme de ficção, Suzaku”. “Hotaru”, de 2000, foi premiado no Festival de Locarno, na Suíça. Com "Shara", de 2003‚ participou da mostra competitiva do Festival de Cannes, mas foi em 2007, com "Floresta dos Lamentos", que recebeu o Grande Prêmio do Júri no festival francês.

RETROSPECTIVA PHILIPPE GRANDRIEUX

O cineasta francês Philippe Grandrieux transita em diferentes territórios, e sua obra reúne trabalhos em diversas linguagens: videoarte, longas de ficção, instalações de arte, ensaios documentais. No INDIE 2009, serão exibidos pela primeira vez sua filmografia de ficção e o documentário “Retorno a Sarajevo”, de 1996. Os filmes de Grandrieux permitem experiências sensoriais e imagéticas intensas, bem como revelam o rigor artístico e a audácia do cineasta. Nascido em 1954, na França, seus primeiros longas-metragens de ficção, “Sombra” (premiado no Festival de Locarno, em 1998) e “A Nova Vida” são referências em termos de fotografia, de trabalho sonoro, de experimentação narrativa e figurativa. Grandrieux participou de importantes exposições, como na “Paradise Now! Essential French Avant-Garde Cinema 1890-2008”, na Tate Modern de Londres, e na retrospectiva “Extreme Love” no espaço Uplink, em Tóquio. Seu último longa, “Um Lago” integrou a 65ª Mostra de Cinema de Veneza, em 2008.

MOSTRA MUNDIAL

Um conjunto de 30 filmes, a Mostra Mundial do INDIE divide-se em duas seções: Novos Diretores/Novos Filmes, com 16 filmes de 16 países, e Première, com 14 recentes produções de 13 países.

O programa de Novos Diretores/Novos Filmes apresenta uma seleção de filmes que prima pela originalidade e cujos realizadores são diretores de uma nova geração. Destacam-se filmes originários de países cuja tradição cinematográfica é pouca conhecida no Brasil, como o romeno “Câmbio”, do diretor Nicolae Margineanu, o suíço “Barulho na cabeça”, de Vincent Pluss, o nicaraguense e alemão “Planeta Carlos”, de Andreas Kannengiesser, e o sérvio (com parceria norte-americana) “Aqui e lá”, premiado no Festival de Tribeca e que tem a participação da cantora Cindy Lauper. Há também “Sentindo na pele”, primeiro longa da premiada diretora holandesa Esther Rots que participou de diversos festivais, como o de Berlim, São Francisco e o de Seattle. Além disso, o programa inclui filmes que se destacam pela produção incomum: o romeno “Elevador” foi gravado em mini-DV, tem roteiro simples e baixo orçamento; o japonês “Spider” é um longa-metragem todo filmado com câmeras de celular.

A seção Première antecipa algumas estreias de filmes que entrarão no circuito comercial de BH. Entre os selecionados, estão “Anticristo”, do polêmico diretor dinamarquês Lars Von Trier, “Tokyo!”, filme que reúne três visões sobre a capital japonesa, “Gigante”, do uruguaio Adrián Biniez, “City Island”, de Raymond De Felitta e protagonizado pelo ator Andy Garcia, e “A Onda”, do diretor alemão Dennis Gansel e que aborda o nazismo.

INDIE BRASIL

Oito filmes nacionais formam o programa do Indie Brasil. No programa, destaca-se o documentário longa-metragem “Morro do Céu”, do premiado Gustavo Spolidoro, que teve curtas participantes do Festival de Berlim, de Sundance e de Roterdã. Há também “No meu lugar”, de Eduardo Valente, diretor que pertence a uma nova geração do cinema brasileiro, ao lado dos cariocas Felipe Bragança e Marina Meliande, diretores do filme musical “A fuga, a raiva, a dança, a bunda, a boca, a calma, a vida da mulher gorila”, selecionado para a mostra competitiva Cineastas do Presente, em Locarno, Suíça. O longa “Quanto dura o amor?”, de Roberto Moreira, terá exibição única no Teatro do Oi Futuro Klauss Vianna, espaço cultural recém reinaugurado na capital.

MÚSICA DO UNDERGROUND

O Música do Underground, presente em todas as edições do INDIE, exibe documentários sobre música, especialmente rock e hardcore, com destaque para o documentário “I need that record!”, do norte-americano Brendan Toller que faz uma abordagem completa sobre a falência e o fechamento de inúmeras lojas de discos. “Slingshot Hip Hop”, de Jackie Reem Salloum, mostra como jovens do Oriente Médio usam a música, em forma de discurso, para falar de questões palestinas. Entre os brasileiros, destaque para “Guidable – A verdadeira história dos Ratos de Porão”, que faz sua estreia em BH, e “Ruídos das Minas”, de Filipe Sartoreto, sobre a história do heavy metal em Minas Gerais.

CINEMA DE GARAGEM

Em sua quarta edição dentro INDIE, a mostra Cinema de Garagem reúne 43 filmes divididos em seis programas. Recorte do cinema brasileiro de baixo orçamento, os filmes dessa mostra têm em comum o caráter experimental. A novidade de 2009 é a presença de longas-metragens, que compõem o programa Transluciferação. Destaca-se ainda En:Transe, com curtas de diretores latino-americanos.

SERVIÇO
INDIE 2009 – MOSTRA DE CINEMA MUNDIAL
De 3 a 10 de setembro, Belo Horizonte.

:: LOCAIS ::
CINE HUMBERTO MAURO (Palácio das Artes) – Av. Afonso Pena, 1.537 – Centro.
CINECLUBE UNIBANCO SAVASSI – Rua Levindo Lopes, 358 – Savassi.
USINA UNIBANCO DE CINEMA – Rua Aimorés, 2.424 – Santo Agostinho.
USIMINAS BELAS ARTES CINEMA (Sala 1) – Rua Gonçalves Dias, 1.581 – Funcionários.

:: INGRESSOS ::
ENTRADA FRANCA
Ingressos disponíveis nas bilheterias dos cinemas, 30 minutos antes de cada sessão.

:: ABERTURA ::
DIA 3 de setembro | a partir de 21h | Belas Artes Cinema (R. Gonçalves Dias, 1.581 - Funcionários) - somente para convidados.

Programação* de abertura:
21:00 - Sala 1 - TOKYO! (Japão, 112min), um filme de Michel Gondry, Leos Carax e Bong Joon-Ho.
21:15 - Sala 2 - AO PÉ DA ÁRVORE (Inglaterra, 84min), com a presença do diretor Ricky Shane Reid e da atriz Kelly Jo Reid.
21:30 - Sala 3 - TIRADOR (Filipinas, 86min), um filme de Brillante Mendoza.
22:30 – + dj

*Os filmes da abertura serão exibidos novamente, em sessões abertas ao público. Confira a grade de programação.

:: NOITE ESPECIAL DIA 7 DE SETEMBRO ::
DIA 7 de setembro | 20h | Teatro do Oi Futuro Klauss Vianna (Av. Afonso Pena, 4.001 – Mangabeiras) – entrada franca.

INDIE 2009 apresenta sessão especial no Teatro do Oi Futuro Klauss Vianna:

20:00 – Anúncio e exibição dos Semifinalistas do Cel.U.Cine 2009 - Festival de Micrometragens.
20:15 - Única exibição do filme “QUANTO DURA O AMOR?”
Após a sessão, bate-papo com o diretor Roberto Moreira e elenco.

  zetas    segunda-feira, agosto 31, 2009
 
 
[^] ir para o topo
INDIE :: Mostra de Cinema Mundial

Zeta Filmes | INDIE FESTIVAL | 
::: visite o web-site do indie 2006
     + Zeta Filmes
     + Indie - Mostra de Cinema Mundial
     + Fluxus
     + New Directors New Films
     + Plexifilm
     + IndieWIRE
     + Le Cube
     + Jonas Mekas
     + Miranda July
     + Cao Guimarães
     + Moira Hahn
     + Roberto Bellini
     + Gisela Motta&Leandro Lima
     + Howie Tsui
     + Motomichi
     + CarlosMagno Rodrigues
     + Ain´t It Cool News
     + Midnight Eye
     + Twitch Film
     + Blog Ilustrada no Cinema
     + Kofic
     + Anthony Kaufman´s Blog
     + Sundance Film Fest
     + Centre Pompidou
     + Pocket Film Festival
     + Blog do Itaulab
     + Rotterdam Film Festival
     + MovieMobz
     + Cinemateca Francesa
     + Unifrance
     + Fundação Japão
::: edições anteriores
     + 2006
::: últimos posts
+ Quanto Dura o Amor? no Indie Brasil
+ filme brasileiro de Felipe Bragança e Marina Melia...
+ um dos grandes nomes do Indie 2009: Philippe Grand...
+ este no INDIE09: SCHOFT | mostra mundial_nd/nf
+ siga o indie no twitter
+ vem aí...
+ indie_sp_nova data
+ indie news
+  MÚSICA DO UNDERGROUND na VIRADA PAULISTA no MIS/S...
+  Indie 2009 recebe inscrições para a 9a edição (en...
::: arquivos
 
    Este blog é escrito por:
     + Daniella Azzi
     + Francesca Azzi
     + Fale Conosco