blogINDIE 2006


Acorda! Foi só um pesadelo...

Eu tive um pesadelo essa semana, sonhei que estava indo para o cinema mas todas as salas estavam fechadas... Desolado, na volta dei uma voadinha (eu sempre faço um vôo nos meus sonhos) e pousei, acordando assustado. Pela manhã, entre várias facadas na manteiga gelada, comecei a pensar no cinema, no futuro do cinema, no futuro das salas de cinema (melhor que no futuro índice do meu colesterol).

Pensando nesses 111 anos de cinema, eu acho que a coisa não mudou tanto....É claro que as técnicas de filmagem evoluíram muito e hoje a gente acha toscos os efeitos especiais de filmes de 3 anos atrás. Mas, mesmo com a chegada do aparato digital, que fez incríveis avanços no som, a projeção ainda é mecânica, e utiliza a mesma tecnologia centenária, se é que se pode colocar essas duas palavras numa mesma frase. Tudo bem que não se usam mais aquelas hastes de carvão em brasa dentro de um projetor e que as cópias de acetato de hoje não pegam fogo como aquelas com nitrato de prata de mil novecentos e lumière...

Mas o que não mudou mesmo foi o ato de você consultar um jornal (ok, um site na internet), escolher um filme, ir para o cinema, pagar seu ingresso, comprar um drops Dulcora, ops! quero dizer, um combo de pipoca e coca lite, sentar junto com um bando de gente barulhenta e passar 2 horas vendo um filme na tela grande. Ou seja, seu avô e sua avó viram os modelitos de Greta Garbo em Grande Hotel praticamente seguindo o mesmo ritual que fez você correr para o multiplex mais próximo para conferir o desfile fashion de Anne Hathaway em O Diabo Veste Prada.

Hoje, podemos ver cinema na TV, DVD no carro, curta no celular, longa no Ipod... Concluí, enquanto travava mais uma batalha matinal com a tampa atarrachada da geléia de damasco: se durante este tempo todo, e mesmo agora, com tanta concorrência, este hábito permanece praticamente intacto, então eu consigo enxergar um futuro para a existência das salas de cinema, mesmo que elas estejam todas socadas no trigésimo andar de um shopping em expansão. E para aqueles que, como eu, adoram o cinema no cinema vai aí uma teoria clássica, e hiper-otimista, típica de seminário sobre a indústria cinematográfica: todo mundo tem cozinha em casa, mas os restaurantes continuam cheios.

Assim, mesmo aquelas pessoas que acabaram de adquirir seus rômitiatres, equipados com o mais novo DVD-blue-ray-next-generation-plus, vão continuar assistindo as eternas porcarias de sempre e uma ou outra obra-prima (que estão cada vez mais raras, mas isso é assunto para um outro post) num cinema perto de você.
  Eduardo Cerqueira    sexta-feira, outubro 27, 2006
 
 
[^] ir para o topo
INDIE :: Mostra de Cinema Mundial

Zeta Filmes | INDIE FESTIVAL | 
::: visite o web-site do indie 2006
     + Zeta Filmes
     + Indie - Mostra de Cinema Mundial
     + Fluxus
     + New Directors New Films
     + Plexifilm
     + IndieWIRE
     + Le Cube
     + Jonas Mekas
     + Miranda July
     + Cao Guimarães
     + Moira Hahn
     + Roberto Bellini
     + Gisela Motta&Leandro Lima
     + Howie Tsui
     + Motomichi
     + CarlosMagno Rodrigues
     + Ain´t It Cool News
     + Midnight Eye
     + Twitch Film
     + Blog Ilustrada no Cinema
     + Kofic
     + Anthony Kaufman´s Blog
     + Sundance Film Fest
     + Centre Pompidou
     + Pocket Film Festival
     + Blog do Itaulab
     + Rotterdam Film Festival
     + MovieMobz
     + Cinemateca Francesa
     + Unifrance
     + Fundação Japão
::: edições anteriores
     + 2006
::: últimos posts
+ "Paprika" de Satoshi Kon no VII Festival Internaci...
+ Cinema Brasileiro 2007: O Ataque dos Independentes...
+ Turistas: primeiro clipe online O site Arrow In ...
+ De Olho na Mostra A Mostra Internacional de São ...
+  Roman Polanski é um diretor à moda antiga - no bo...
+  PS2: "Bully"da Rockstar com trilha sonora de Shaw...
+ Dead Daughters: o novo terror de Pavel Ruminov O...
+ Borat: 4 primeiros minutos do filme na Internet ...
+ É com muita alegria que volto a escrever nesse amb...
+  Pensando no tempo das coisas e numa eterna fa...
::: arquivos
 
    Este blog é escrito por:
     + Daniella Azzi
     + Francesca Azzi
     + Fale Conosco