blogINDIE 2006
ZUMBIDOS DE CANNES 2008


ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA (Blindness): Filme de Abertura

Em quem acreditar? Primeiro, a reportagem de Rodrigo Fonseca para O Globo:


A citação entusiasmada da imprensa estrangeira, em típica moda deste particular crítico-jornalista, surge na reportagem novamente sem sua fonte de origem. É provavelmente a mesma imprensa estrangeira que, segundo o mesmo Fonseca, havia declarado que a atuação de Bruce Willis em "Nação Fast Food" era a melhor de toda a sua carreira, mesmo que na imprensa estrangeira, sob a pesquisa mais escrota, o leitor não encontrará o menor vestígio de um elogio sequer parecido. Engraçado é que todas as vezes que ele quer glorificar algo, ele puxa a carta da "a imprensa estrangeira é que falou" para tentar adquirir mais respeitabilidade. Fonseca prossegue:

"Gelida à primeira vista, a recepção da imprensa a “Ensaio sobre a cegueira” começa a esquentar pouco a pouco na Croisette. O filme, exibido na manhã, como atração de abertura para o 61º Festival de Cannes, e, de longe, o trabalho mais lúcido e coeso esteticamente da carreira do diretor de “Cidade de Deus”. A partir do romance homônimo de José Saramago, centrado em uma misteriosa epidemia que cega suas vítimas, Meirelles construiu uma especie de thriller moral sobre a falência dos valores éticos no processo civilizatorio.“Eletrizante” seria um adjetivo equivocado para qualificar as sequências em que um grupo de pessoas sem visão tenta agarrar Julianne Moore para tirar dela sacolas de comida. “Assombroso” seria um termo mais adequado a um filme que foge do sensacionalismo."

"No papel de Homem da Venda Preta, incumbido de narrar o longa, Danny Glover [...]tem uma atuação impecável sob a direção de Meirelles."

Então por que não recorrer a tal imprensa estrangeira e verificar as derradeiras reações? Decerto, encontramos reações entusiasmadas, mas o consenso geral é bem menos deslumbrado como Fonseca sugere.
"Duas ou três pessoas aplaudiram ao final da cabine de imprensa. A recepção na conferência de imprensa foi silenciosa. O filme, temo, será geralmente [tratado com indiferença] quando estrear e as platéias quase que certamente passarão longe. Eu respeitei 'Ensaio Sobre a Cegueira' -- eu certamente concordei com o que ele quis dizer -- mas não me excitou nem um pouco. Filmes de abertura em grandes festivais são normalmente decepcionantes neste ou naquele nível -- sem graça, ruinzinhos, mais ou menos. Sinto-me mal por estar disendo isto tendo idolatrado 'Cidade de Deus' e muito admirado 'O Jardineiro Fiel'. Mas a verdade é que 'Ensaio Sobre a Cegueira' é somente um pouco mais do que uma decepção." - Jeffrey Wells, Hollywood Elsewhere

(nota: ainda que se faça bastante informativo o texto de Jeffrey Wells, notemos que sua escrita patrocina esta filosofia furada da crítica cinematográfica que se acha capaz de prever o sucesso e o fracasso do filme em fundamentos puramente subjetivos, rendendo à prática crítica esta impressão pública de ser historicamente uma má apostadora, algo que todos deveríamos nos afastar o mais rápido possível, enquanto escritores e leitores)

"A abertura de gala deste ano não nos faz sentir melhor sobre nosso lugar no mundo. 'Ensaio Sobre a Cegueira' pode muito bem ser o filme de abertura mais soturno da história do festival, uma parábola arrepiante sobre o apocalipse, dirigida pelo cineasta brasileiro Fernando Meirelles e tão impressionante ao seu modo como foi o seu sucesso 'Cidade de Deus'.

[...] É um trabalho devastador - um retrato frio de uma pane social que sobretudo mostra como a catástrofe pode inspirar o melhor nas pessoas assim como o pior. Eu dispensaria a narração sábia e suspirada de Danny Glover em cima de cada momento silencioso qualquer, mas de qualquer forma, o filme acerta na mosca." - Xan Brooks, The Guardian

"Adaptando o romance do vencedor do prêmio Nobel, José Saramago, 'Ensaio Sobre a Cegueira' parece uma mistura curiosa de aspirações literárias elitistas com ficção de gênero popularesca; enquanto a Doença Branca se espalha de pessoa para pessoa numa cadeia de conexões e tudo começa a desmoronar, seria fácil dispensar 'Ensaio' como um 'Madrugada dos Mortos' para ouvintes da CBN ou 'Epidemia' para estudantes secundaristas. Meirelles já havia tomado uma abordagem dupla similar antes -- 'O Jardineiro Fiel' é uma excelente crítica das deficiências do capitalismo moderno que também funciona como um suspense forte e cativante -- e mesmo se 'Ensaio' não funciona tão bem quanto aquele filme, é também um caso óbvio de um filme, e um cineasta, fracassando para atingir a marca exatamente por terem estabelecido suas ambições altas demais para eles mesmos." - James Rocchi, Cinematical

"Uma adaptação intermitentemente assustadora mas diluída do romance dilacerante de José Saramago. Apesar de uma performance caracteristicamente forte de Julianne Moore como a figura solitária que mantém sua visão intacta, sendo testemunha triste porém heróica dos eventos ao seu redor, o drama estiloso de Fernando Meirelles raramente alcança a força visceral, a dimensão trágica e a ressonância humana da prosa de Saramago. Apesar do elenco de destaque, críticas moderadas poderão atrair menos olhos que os desejados para esta co-produção internacional." - Justin Chang, Variety

"O ambicioso diretor brasileiro usa todos os truques visuais de seu amplo vocabulário nos desafios inerentes de se criar uma experiência visual a partir da cegueira. O resultado ilumina a aterrorizante situação da personagem central de Julianne Moore, a única pessoa de uma cidade sem nome, capaz de ver os terrores que recaem sobre a própria raça humana cega que os criou. E numa performance que certamente chamará a atenção dos prêmios, a atriz se mostra mais uma vez à altura da tarefa. No entanto, outras caracterizações parecem reduzidas ao que a história é comprimida. Meirelles parece estar lutando para conseguir encontrar o tom certo, e 'Ensaio Sobre a Cegueira' fatalmente perde tensão antes que degenere para a bizarra sentimentalidade do ato final." - Fionnuala Halligan, Screen Daily
  Bernardo Krivochein    quarta-feira, maio 14, 2008
 
 
[^] ir para o topo
INDIE :: Mostra de Cinema Mundial

Zeta Filmes | INDIE FESTIVAL | 
::: visite o web-site do indie 2006
     + Zeta Filmes
     + Indie - Mostra de Cinema Mundial
     + Fluxus
     + New Directors New Films
     + Plexifilm
     + IndieWIRE
     + Le Cube
     + Jonas Mekas
     + Miranda July
     + Cao Guimarães
     + Moira Hahn
     + Roberto Bellini
     + Gisela Motta&Leandro Lima
     + Howie Tsui
     + Motomichi
     + CarlosMagno Rodrigues
     + Ain´t It Cool News
     + Midnight Eye
     + Twitch Film
     + Blog Ilustrada no Cinema
     + Kofic
     + Anthony Kaufman´s Blog
     + Sundance Film Fest
     + Centre Pompidou
     + Pocket Film Festival
     + Blog do Itaulab
     + Rotterdam Film Festival
     + MovieMobz
     + Cinemateca Francesa
     + Unifrance
     + Fundação Japão
::: edições anteriores
     + 2006
::: últimos posts
+  Tracer (Robert Rauschenberg, 1925-2008:12/05) 19...
+  Plus Tard Tu Compreendras ("Mais Tarde Você Enten...
+ RIOFAN: Os Premiados
+ RIOFAN: Sessões Extra
+ RIOFAN: Avaliação em processo
+ RIOFAN: POP SKULL
+ RIOFAN: MULBERRY STREET
+ RIOFAN: END OF THE LINE
+ RIOFAN: OTTO; OR UP WITH DEAD PEOPLE
+ RIOFAN: MIRAGE MAN
::: arquivos
 
    Este blog é escrito por:
     + Daniella Azzi
     + Francesca Azzi
     + Fale Conosco