blogINDIE 2006


Precisamos ver os novos filmes japoneses!... e os números espantosos deste cinema em 2007



Começa hoje, dia 20/02, em São Paulo, um ciclo de filmes japoneses no CCBB. Serão 20 filmes de 17 diretores. Segundo o Cássio Starling da Folha:

"Mais que o volume de títulos e de criadores, a seleção ganha peso por seu recorte histórico, que cobre desde o início dos anos 30 até a produção recente. Outra de suas qualidades é não ter se limitado a um apanhado de obras-primas cuja exibição costuma ser periódica. Ao contrário, o ciclo traz mais os chamados filmes médios ou menores de grandes cineastas, o que evidencia a importância do cinema como revelador de profundas mutações históricas sofridas por um povo."

Apesar de Starling ressaltar o fato de não serem obras exibidas periodicamente, os filmes me parecem (grande parte eu constatei que é) do acervo da filmoteca do Consulado do Japão no Rio e outros de distribuidoras e colecionadores brasileiros. Apesar também deste fato não ser de maneira alguma repreensível, afinal dependemos das filmotecas e dos acervos para fazermos retrospectivas históricas, ressalta como é difícil trazer para o Brasil o novo cinema japonês ou mesmo retrospectivas significativas de obras de grandes diretores japoneses.(Nós mesmos contamos inúmeras vezes com o acervo do Consulado em 16mm para exibir Ozu, Mizoguchi, Yamada e alguns filmes novos dentro do Indie). Não acredito que dentro desta mostra tenha algum filme inédito completamente e que tenha sido trazido para o Brasil especialmente para isto ( se estiver enganada, aceito prontamente um coment a respeito).

Como disse antes, não acho que este fato em si deponha contra o ciclo, mas como este é o centenário da Imigração japonesa no Brasil, esperamos muito e ainda que haja muitos filmes japoneses inéditos, e novos também, durante o ano. É mais do que urgente, que os filmes japoneses cheguem ao país. Mas como é muito caro o transporte das cópias (etc,etc) até aqui, há a necessidade de um suporte institucional.

O que impressiona no cinema do Japão são os números e aí podemos perceber o que estamos perdendo.

Segundo a Associação dos Produtores Cinematográficos Japoneses em 2007 foram produzidos 407 filmes de longa-metragem japoneses ( contra 417 do ano anterior) e foram distribuídos 403 filmes estrangeiros no Japão (contra 404 em 2006). Os filmes japoneses, no ano passado, ocuparam 47,7% da cota de tela (53,2 em 2006) e fizeram 163,1 milhões de espectadores (caiu 0,8% em relação a 2006). Não são números inacreditáveis? O cinema japonês é um sucesso no seu próprio país. e aí não estão contabilizados os filmes curtos, os experimentais e vídeoarte... imaginem o quanto não se produz fora desta grande indústria.

Os filmes mais vistos no Japão, no ano passado (segundo Jason Grey) foram:


1. Hero (Fuji TV / Toho) $76.61m (Y8.15bn)
2. Pokémon: The Rise Of Darkrai (Toho) $47.19m (Y5.02bn)
3. Always: Sunset On Third Street 2** (NTV / Toho) $42.86m (Y4.56bn)
4. Monkey Magic (Fuji TV / Toho) $41.08m (Y4.37bn)
5. Love and Honour* (Shochiku) $38.63m (Y4.11bn)
6. Sky Of Love (TBS) Toho $36.66m (Y3.9bn)
7. Doraemon (Toho) $33.28m (Y3.54bn)
8. Dororo (TBS / Toho) $32.43m (Y3.45bn)
9. Unfair: The Movie (Fuji TV / Toho) $25.57m (Y2.72bn)
10. Detective Conan (Toho) $23.78m (Y2.53bn)

Notem que a distribuidora TOHO abocanha 1/3 de todo o mercado, seguida pela Shochicku e Toei.

Hero, o filme que mais arrecadou ano passado, foi dirigido por Masayuki Suzuki e é baseado na série de TV de mesmo nome. Leia o que diz o crítico Mark Schilling sobre o filme no Japan Times.

Com certeza, se você analisar filme por filme, verá que os grande sucessos são logicamente filmes muito comerciais. Mas há uma grande produção indie no Japão. O próprio Mark Schilling, que é a antena ocidental do cinema japonês, comenta as pérolas indies do ano passado, no meio de toda esta pesada massa de filmes comerciais. Sua lista contém os 10 melhores filmes indies no Japão, leia aqui aqui e comente.
  Francesca Azzi    quarta-feira, fevereiro 20, 2008
 
 
[^] ir para o topo
INDIE :: Mostra de Cinema Mundial

Zeta Filmes | INDIE FESTIVAL | 
::: visite o web-site do indie 2006
     + Zeta Filmes
     + Indie - Mostra de Cinema Mundial
     + Fluxus
     + New Directors New Films
     + Plexifilm
     + IndieWIRE
     + Le Cube
     + Jonas Mekas
     + Miranda July
     + Cao Guimarães
     + Moira Hahn
     + Roberto Bellini
     + Gisela Motta&Leandro Lima
     + Howie Tsui
     + Motomichi
     + CarlosMagno Rodrigues
     + Ain´t It Cool News
     + Midnight Eye
     + Twitch Film
     + Blog Ilustrada no Cinema
     + Kofic
     + Anthony Kaufman´s Blog
     + Sundance Film Fest
     + Centre Pompidou
     + Pocket Film Festival
     + Blog do Itaulab
     + Rotterdam Film Festival
     + MovieMobz
     + Cinemateca Francesa
     + Unifrance
     + Fundação Japão
::: edições anteriores
     + 2006
::: últimos posts
+  Tropa de Elite influencia brincadeiras de meninos...
+ Manifesto Nueva Sangre procura estimular o cinema ...
+  "Inequivocamente" comprovando a vitalidade do gê...
+  Com o nome de MOVIEMOBZ, nova empresa pretende ex...
+ Pretensioso, moi? (Post de discussão sobre "Onde o...
+  Persepolis ou Persépolis em português, livro e fi...
+ O que um filme mostra ao público
+  "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias", romeno, político e...
+  Ela é bonita, loira, talentosa e filha de Robert ...
+ VideoPost 25/1 (vamos ensaiar uma série de posts ...
::: arquivos
 
    Este blog é escrito por:
     + Daniella Azzi
     + Francesca Azzi
     + Fale Conosco